NOSSA MISSÃO

Anunciar o Evangelho verdadeiro e fazer discípulos de Jesus Cristo, visando a restauração da pessoa 'por inteiro'.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

O CHORO PODE DURAR UMA NOITE.



Por Pr. Paulo Salustiano
Texto: Salmo 30:5


INTRODUÇÃO:
            Neste salmo Davi conclama seu povo a louvar ao Senhor junto com Ele pela misericórdia do Senhor em sua vida. Muito provavelmente o salmista refere-se ao episódio onde Deus mandou uma pestilência para o povo de Israel por causa da desobediência de Davi em fazer o censo que foi proibido por Deus. (2 Sm. 24; 1Cr. 21).
            Davi foi um homem que passou por muitas tribulações em sua vida, muitos perigos de morte, só para lembrar alguns podemos citar o desafio de Golias, a perseguição por parte de Saul e a revolta de seu filho Absalão. Em todas o rei experimentou o livramento de Deus, mesmo quando os perigos pelos quais passava eram conseqüência dos seus pecados.
            Neste salmo Davi compara seu sofrimento como uma noite. Todos nós passamos por situações difíceis, por “noites de problemas”. Portanto vamos refletir sobre o que isso pode significar para as nossas vidas.

1 – A NOITE TRAZ UM SENTIMENTO DE INSEGURANÇA. 
            A noite quase sempre traz consigo um sentimento de insegurança, de medo ou preocupação, nos traz um sentimento da iminência do perigo contra as nossas vidas. Os   inimigos costumam atacar de noite, era assim em Israel uma nação sempre vivendo o medo da invasão por isso eles precisavam se proteger, se precaver, talvez por isso Davi usa a noite como ilustração para os momentos de tribulação, medo, terror, preocupação. “Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia” (salmo 91:5)
            Quando estamos passando por uma situação de tribulação e sofrimento, geralmente somos desestabilizados em nossas emoções. Certos problemas nos deixam fragilizados, inseguros, com medo do que vai, ou do que não vai acontecer amanhã.
            São exatamente este medo e insegurança que nos faz muitas vezes não conseguir sequer enxergar a solução de Deus para nossas vidas, e assim, por vezes chegamos a duvidar da presença de Deus conosco. Foi assim com os discípulos que em meio a tempestade confundiram Jesus com um fantasma: MATEUS 14:26 “Os discípulos, porém, ao vê-lo andando sobre o mar, assustaram-se e disseram: É um fantasma. E gritaram de medo.” Assim também sentiram-se os dois discípulos no caminho de Emaús que em meio a dor da desilusão não conseguiram reconhecer o Senhor: Lucas 24: “13 Nesse mesmo dia, iam dois deles para uma aldeia chamada Emaús, que distava de Jerusalém sessenta estádios;
14 e iam comentando entre si tudo aquilo que havia sucedido.
15 Enquanto assim comentavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou, e ia com eles;
16 mas os olhos deles estavam como que fechados, de sorte que não o reconheceram.”

2 – UMA NOITE EM CLARO COSTUMA DEMORAR MUITO.
            Você já experimentou passar uma noite em claro? Se você já passou por isso, a de concordar que uma noite demora muito mais a passar do um dia. Como assim? Não tem os dois 12 horas cada um? Então porque a noite parece demorar mais?
            Quando Davi nos diz neste salmo que o choro pode durar uma noite, podemos entender que ele quer dizer, que quando estamos passando por tribulações parece que aquele período esta demorando demasiadamente. Isso por que os sofrimentos trazem desconforto, ninguém gosta de passar por problemas. No entanto, Davi continua o versículo trazendo uma palavra de esperança para os que sofrem: “...a alegria vem pela manhã” Aqui temos a certeza de que por mais que achemos que nosso sofrimento está demorando  a passar, num determinado momento a manhã do dia seguinte virá, o sol vai nascer novamente, o livramento do SENHOR nos alcançará.

APLICAÇÃO:
            Nos momentos de dor e sofrimento, quando nem sequer conseguimos ver a ação de Deus em nossas vidas, Ele mesmo nos convida a descansar em seus braços e a confiar em seu livramento.
Isaías 41:13 “Porque eu, o Senhor teu Deus, te seguro pela tua [mão direita], e te digo: Não temas; eu te ajudarei".
Isaías 43:1 “Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu.
2 Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.”
            Em meios as aflições da vida precisamos ser perseverantes, continuar orando e crendo que a seu tempo Deus virá em nosso socorro e nos dará livramento das situações que nos perturbam a alma.
v  LUCAS [18]
“1 Contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer.
2 dizendo: Havia em certa cidade um juiz que não temia a Deus, nem respeitava os homens.
3 Havia também naquela mesma cidade uma viúva que ia ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário.
4 E por algum tempo não quis atendê-la; mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens,
5 todavia, como esta viúva me incomoda, hei de fazer-lhe justiça, para que ela não continue a vir molestar-me.
6 Prosseguiu o Senhor: Ouvi o que diz esse juiz injusto.
7 E não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que dia e noite clamam a ele, já que é longânimo para com eles?
8 Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Contudo quando vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?”
v  Romanos 12:12 “alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;”
v  2Cor.4:17 “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória;”

CONCLUSÃO:
                MEUS AMADOS IRMÃOS PERMANEÇAMOS FIRMES NO SENHOR, NÃO DESISTINDO, NEM DUVIDANDO DE SUAS PROMESSAS, MAS CRENDO QUE A SEU TEMPO ELE AS CUPRIRÁ A TODAS.


SERMÃO MINISTRADO DIA 24 DE AGOSTO DE 2008,
NO CULTO DA NOITE DA PIB EM TIANGUÁ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário