NOSSA MISSÃO

Anunciar o Evangelho verdadeiro e fazer discípulos de Jesus Cristo, visando a restauração da pessoa 'por inteiro'.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

sexta-feira, 2 de setembro de 2011


Confissões de Uma Figueira
Ele veio a mim
Procurando por frutos, veio a mim
Estendeu Sua mão
Percorreu minhas folhas, meus ramos
Nada encontrou
Foi tão triste, mas nada encontrou
Mal podia acreditar
O sol bateu e eu me escondi
A chuva em mim e eu me encolhi
Terra boa nas minhas raízes
Mas eu não frutifiquei
De que me vale tantas folhas
Vistoso verde, inútil e belo
E agora o que é que eu vou dizer
Tive tudo e nada fiz
Ele me falou
Eu retorno na próxima estação
Abandona o egoísmo
Ninguém é o fim de si mesmo
Olha ao teu redor
Tanta gente faminta ao teu redor
Alimenta a multidão
Senhor eu vou me expor ao sol
Às chuvas quero me entregar
Nunca mais assim inutilmente
Ocupar o meu lugar
Eu vou fincar minhas raízes
As águas puras procurar
Quero carregada me encurvar
Com meus frutos Te adorar

Pastoral


Frutos ou folhas?
” E, avistando uma figueira perto do caminho, dirigiu-se a ela, e não achou nela senão folhas. E disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti. E a figueira secou imediatamente.”(Mateus 21:19)
 
  Era o início de sua última semana de vida, quando Jesus, voltando de Betânia, avistou aquela figueira emoldurada de belas folhas e imaginou encontrar nela bons frutos. Segundo o que nos diz R. Norman Champlin em seu comentário do Novo testamento Versículo por Versículo, volume 1, página 515, alguns intérpretes afirmam que uma figueira cheia de folhas era sinal de que ela também tinha frutos, já que as folhas geralmente apareciam depois da formação dos frutos. Porém, grande e frustrante foi a surpresa do mestre ao aproximar-se da árvore e constatar que apesar da bela folhagem ela nada tinha para oferecer!
  Não podemos saber com certeza os motivos que fizeram com que aquela figueira com tão bela folhagem não tivesse frutos. Será que a terra não era boa? Teria sido falta de água? O fato é que na hora em que ela teve o privilégio de oferecer algo ao Senhor, não pôde. Sua folhas verdes até impressionavam quem passasse pelo caminho, mas ela era incapaz de ajudar a matar a fome de alguém.
  Infelizmente muitos cristãos tem hoje uma vida parecida com a daquela figueira. “Uma bela folhagem” – aparência exterior – mas nenhum fruto para oferecer.  Nossa aparência exterior pode até ter alguma importância. Nossos atos religiosos também devem ter seu lugar. Porém o que realmente vai ajudar a saciar a fome espiritual daqueles que necessitam de Cristo, são os frutos que temos para a oferecer. O que seriam esses frutos? Uma vida reta e santa aos olhos do Senhor, pregação do evangelho a disposição para descobrir e utilizar meus dons e talentos para servir a Deus ao próximo são alguns deles.
  O que o Senhor vê quando olha para sua vida? Frutos ou somente folhas? O que você tem para oferecer?
No Amor de Cristo,
Pr. Paulo Henrique Salustiano

terça-feira, 23 de agosto de 2011

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

“CADA CRENTE UM MISSIONÁRIO”



Você está fazendo alguma coisa? Ou é apenas um mero espectador?
      Meus irmãos, nós nos admiramos do Amor que os missionários tem por Jesus Cristo e as vezes nos perguntamos “Como pode uma pessoa deixar tudo para trás e viver para a obra de Deus?”, porém, essa é uma ordem de Deus, pregar o evangelho a toda criatura até os confins da terra, sim, os missionários são corajosos e amam verdadeiramente a Deus, mas vamos deixar de olhar um pouco para eles e olhar para dentro de nós mesmos, olhar para o nosso redor e principalmente olhar para Deus, o que estamos fazendo para a sua obra? Estamos evangelizando?
    Vir na igreja, louvar e adorar a Deus são atos lindos, sem duvida, é nosso Deus, nós o amamos e devemos tudo a ele, principalmente a nossa Salvação. ”Salvação” quando me lembro que Deus me Salvou desse mundo tenebroso, das trevas que habitam la fora, sou tomado por um sentimento de gratidão e Amor que não posso  explicar, logo penso no que eu fiz para merecer tal Salvação, um presente maravilhoso, o melhor presente que alguém pode receber, e a resposta é Nada, eu não fiz nada porque não mereço minha salvação, sou pecador,  sujo, passei muitos anos de minha Vida longe de Deus, fazendo o que é errado aos seus olhos, porém, ele me ama tanto que mesmo assim me salvou, se há uma coisa que todo crente deve saber no intimo de seu coração é que é amado profundamente por Deus nosso Pai, Jesus morreu pelo seu pecado, pelo meu pecado. Ele é Limpo, Imaculado, nunca tinha sentido a sujeira e a destruição que o pecado causa, mesmo assim o Amor dele para conosco é tão grande que ele tomou para si todos, prestem atenção nessa palavra, TODOS, os nossos pecados para si, imaginem um homem totalmente limpo ser sujo por todas as nossas imundícies, pensamentos, atos e sentimentos pecaminosos, a Dor que ele deve ter sentido nenhum de nós pode sequer imaginar. E o Amor que ele sente por nós é tão infinitamente perfeito e santo que é impossível eu não sentir compaixão por aqueles que nunca sentiram tal Amor, que nunca tiveram a oportunidade de estar na presença de Deus. Compaixão ao contrário do que muitos de nós pensamos não é pena meu irmão, é Amor em Ação, é amar as pessoas a ponto de querer que elas também sejam salvas, é amar as pessoas a ponto de evangelizá-las. Falando em Amar as pessoas Jesus nos diz em João 13:34 “Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros.” você acha que Jesus perderia alguma oportunidade de evangelizar? Mesmo quando a situação parecer imprópria, Deus sempre abre uma brecha para a palavra do Poder se manifestar...

      IDE e pregai o evangelho a toda Criatura, Jesus não ama só os salvos, ama a todos e quer que o máximo de pessoas sejam salvas das mãos daquele que deseja nossa destruição. IDE meus irmãos, essa é a ordem de nosso Deus, nosso senhor, nosso Salvador, nosso Pai, que nos presenteou sem nosso merecimento, que nos amou e nos ama mesmo sendo nós fracos e pecadores. Tudo que Deus fez por nós foi por Amor, nunca fez nada por obrigação ou mesmo de mau gosto, assim, temos que observar se estamos fazendo a missão que Deus nos deixou responsáveis por obrigação ou por Amor a ele. Tudo que é feito com/por Amor é bem feito e prazeroso, façamos então a obra do Senhor com/por Amor a Ele que é tão maravilhoso conosco...
      Vamos neste momento fazer uma alto avaliação, o que estamos fazendo por as pessoas que estão sofrendo neste mundo perdidas sem Deus? Estamos evangelizando em nossa cidade? Ou simplesmente estamos vindo ao culto e não estamos fazendo a Obra daquele que nos salvou? É bom lembrarmos que Deus nos chamou para isso, para evangelizar, e ao meu ver é o mínimo que podemos fazer por aquele que TUDO fez por nós...
      Sejamos missionários, em nossa casa, sejamos missionários em nossa cidade, sejamos missionários fora de nossa cidade e fora de nosso país, não estou pedindo que você saia do país ou do estado ou da cidade, se Deus lhe chamou para isso, Glória a Deus, vá, por que Deus com certeza lhe recompensará e proverá aquilo que você precisa, mas se você não tem esse chamado pode evangelizar fora do país mesmo assim, contribuindo financeiramente, contribuindo com orações. Sejamos todos missionários, vamos se levantar e pregar o evangelho, não vamos perder uma oportunidade sequer de falar de Jesus, de falar desse Amor que nos incendeia, desse Deus que nos Ama tanto que deu seu próprio filho para morrer por nós...
IDE meus irmãos e pregai o Evangelho...

terça-feira, 28 de junho de 2011

Pastoral:


Companheiros de sonhos.
“Então eu lhes disse: Vejam a situação terrível em que estamos: Jerusalém está em ruínas, e suas portas foram destruídas pelo fogo. Venham, vamos reconstruir os muros de Jerusalém, para que não fiquemos mais nesta situação humilhante. Também lhes contei como Deus tinha sido bondoso comigo e o que o rei me tinha dito. Eles responderam: “Sim, vamos começar a reconstrução”. E se encheram de coragem para a realização desse bom projeto.
(Neemias 2:17-18 -  NVI)
            Você tem sonhos? Como anda a sua capacidade de sonhar?
      Os sonhos são o combustível da vida. Quando deixamos de sonhar, passamos por essa vida como verdadeiros “mortos-vivos”.
            Neemias tinha um sonho. Este sonho foi colocado por Deus em seu coração à partir da visita de Hanani, seu irmão, que lhe trouxe más notícias a cerca do povo de Judá. Desde então Neemias sonhou com a reconstrução dos muros de Jerusalém, e não somente dos muros, mas da nação de Judá. Neemias sonhou alto, e logo começou a trabalhar pela realização desse sonho. Primeiro, ele orou ao Senhor (1: 4-11; 2:4) – devemos orar ao Senhor para que ele realize os sonhos que Ele mesmo colocou em nossos corações.   Depois Neemias compartilhou seu sonho com o rei Artaxerxes, que concordou em deixá-lo voltar para Jerusalém e lhe forneceu os recursos materiais necessários para a viagem e para a construção do muro (2: 1-10) – quando compartilhamos nossos sonhos Deus sempre levanta  parceiros para nos ajudarem a realizá-los.  Em seguida, Neemias viajou para Judá, andou pela cidade de Jerusalém para ver em que situação ela realmente se encontrava (2:11-16) – quem deseja alcançar a realização de seus sonhos deve estar disposto a planejar suas ações. E finalmente, Neemias compartilha seus sonhos com  israelitas que moravam em Jerusalém. Ao compartilhar, Neemias tenta fazê-los sonhar o mesmo sonho, para isso apela para a urgência da missão, para a situação humilhante em que se encontrava sua terra e para o fato de que Deus estava com eles providenciando o que era necessário para reconstruir a nação. Neemias fez isso porque sabia que sozinho jamais conseguiria realizar os sonhos que Deus colocara em seu coração, ele precisaria de companheiros de sonhos, pessoas que se unissem a ele no trabalho, no propósito de reconstruir não somente um muro mas a autoestima de toda uma nação.
            Neemias conseguiu que os israelitas se tornassem seus companheiros de sonhos, e o resultado é que os muros de Jerusalém foram reconstruídos em apenas 52 dias (6:15). Mas a obra de Neemias e seus companheiros de sonhos não parou por aí, juntos ele devolveram a autoestima de uma nação, governaram com justiça e retidão (5:1-19)  e levaram seu povo ao arrependimento e compromisso com o Senhor. (Capítulos 8, 9 e 10)
            Neemias é para mim um exemplo. Eu também tenho sonhos. Sonho com uma igreja saudável, baseada plenamente na bíblia sagrada e livre de todo tipo de legalismo, onde as pessoas são acolhidas, discipuladas e encorajadas a tornarem-se parecidas com Jesus, a descobrirem seu lugar no corpo de Cristo e a servirem a Deus e ao próximo. Sonho com uma igreja que faz diferença no local onde Deus a colocou e, a partir daí, até os confins da terra pregando o evangelho em palavras e ações, vivendo em amor.
            Esse sonho que Deus um dia fez nascer em meu coração tomou forma de declaração de visão em abril de 2008, três meses após  ter chegado para pastorear esta igreja: “SER UMA IGREJA CARACTERIZADA POR RELACIONAMENTOS SAUDÁVEIS, ONDE CADA CRENTE SERVE A DEUS E AO PRÓXIMO SEGUNDO SUA VOCAÇÃO E QUE LEVA A MENSAGEM DO EVANGELHO DE MODO CONTEXTUALIZADO A TODO O TIANGUÁ.”
     Essa declaração de visão de nossa igreja define muito bem meu sonho para a PIB em Tianguá. Em torno deste sonho tenho vivido, pela realização deste sonho tenho orado e trabalhado, tenho colocado minha vida nas mãos do mestre, tenho dedicado a minha mocidade, os melhores anos da minha vida. Mas não quero sonhar sozinho, não posso sonhar sozinho, sozinho sei que jamais verei a realização deste sonho.
Querido irmão(ã), assim como Neemias temos um sonho proposto por Deus. Não temos muros para reconstruir, mas temos vidas diante de nós que clamam por salvação, por restauração. Se sonharmos juntos, se trabalharmos juntos, ajudados por Deus como foram Neemias e seus companheiros de sonhos certamente conseguiremos. Vamos sonhar juntos?

Do seu pastor,
Paulo Henrique Salustiano.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Treinamento LIDERE

No último sábado, dia 25/06, foi realizado em nossa igreja o primeiro módulo do LIDERE. O curso  de treinamento de líderes foi ministrado pela Ir. Mazé Soares, membro da Igreja Batista Aliança em Carlito Pamplona - Fortaleza e treinadora preparada pelo INSTITUTO LIDERE. O evento contou com a participação de irmãos das Igrejas de Ubajara, Ibiapina, São Benedito e Tianguá. Confira mais fotos abaixo.

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Poeta é Deus

Eterno é Deus,
Tudo o mais é uma folha de alfazema
Que o vento leva no doce perfume da açucena,
Águas passadas nas longas braçadas do moinho,
Leve desenho na pena de um livre passarinho.
.
Eterno é Deus,
E o resto é a sombra de uma nuvem
Sobre a corrente das águas que de repente surgem
E prontamente se escoam na sequidão da terra,
Um pensamento, uma flecha do arqueiro, quando erra.
.
Poeta é Deus,
Sou apenas o verso de um poema.
Ele é palavra, eu sou o desejo de um fonema,
Verso branco, breve
À espera do seu tema.
.
Eterno é Deus,
Tudo o mais é uma gota de sereno
Que de manhã cobre a folha da grama no terreno.
Ao meio-dia é apenas lembrança pouca e vaga,
É trilha incerta, é uma estrada deserta e ensolarada.
.
Poeta é Deus,
Sou apenas poeira do caminho.
Ele é o rio que me leva assim, devagarinho,
Pela vida afora, nunca mais sozinho.


Por Gladir Cabral 
em 26 de abril de 2011
.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

UM ÍDOLO EM MINHA VIDA?

Você está brincando! Ídolo é coisa de pagãos.”
Mas o que é um ídolo, afinal de contas? É um deus visível, fabricado à semelhança de um homem, animal ou coisa, uma estátua de pedra, madeira ou metal. Essa representação feita por mãos humanas substituiu Deus na mente e no coração do ser humano. Contudo, os ídolos são objetos inertes, sem inteligência e “a eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam” (Salmo 115:4-8).
Em nossos dias ainda se adoram estátuas? Sim, certamente, pois o homem moderno deseja ter acesso ao mundo espiritual. Por meio de práticas ocultas, procura entrar em contato com o mundo dos espíritos e é enganado por Satanás, senhor desse reino de trevas.
O amor ao dinheiro é idolatria também, pois o Senhor Jesus disse: “Nenhum servo pode servir dois senhores… não podeis servir a Deus e a Mamom” (Lucas 16:13). A avareza também é idolatria (Colossenses 3:5). Mas será que em nossa vida não existem outros objetos de veneração? Por exemplo, um hobby, uma atividade, um animal de estimação que ocupam todo o tempo disponível… Em resumo, um ídolo é tudo o que o cristão coloca em primeiro lugar, lugar que tem de ser ocupado pelo Senhor Jesus Cristo.
Isso não é difícil de acontecer. Portanto, estejamos atentos, e peçamos sempre: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno” (Salmo 139:23-24).
Extraído do Devocional Boa Semente 2011  

sexta-feira, 11 de março de 2011

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

TREINAMENTO EM MINISTÉRIO ESPORTIVO


NESTE SÁBADO, DIA 19/02 FOI REALIZADO EM NOSSA IGREJA O TREINAMENTO EM MINISTÉRIO ESPORTIVO, MINSTRADO PELO PR. PAULO SALUSTIANO. O GRUPO TREINADO VAI COMPOR O MEM(MINISTÉRIO ESPORTIVO MISSIONÁRIO), QUE TRABALHARÁ JUNTO À IGREJA PARA PROCLAMAR O EVANGELHO ATRAVÉS DA LINGUAGEM UNIVERSAL DO ESPORTE.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

ESCALA DE DIRIGENTES E PREGADORES E MÚSICOS MISSÃO DO FÓRUM – FEVEREIRO/11


Data
Músicos
Dirigente
Pregador
03/02
REGINALDO
JULIANA
REGINALDO
06/02
JOSÉ DE ARIMATÉIA
FRANCIDEUZA
Juarez Jr.
10/01
RENATO
IVANA
JUAREZ JR.
13/02
PR. PAULO
Meire
PR. PAULO
17/01
MARCOS PAULO
FRANCILÚCIA
CAP. ANTONIO
20/02
Renato
RESILANE
JUAREZ JR.
24/02
PAULO SARAIVA
CLEONICE
PAULO SARAIVA
27/01
LEONEL
MEIRE
CAP. ANTONIO

ESCALA DE DIRIGENTES E PREGADORES – FEVEREIRO/11


Data

Dirigente
Pregador
02/02

Cleonice
Paulo Saraiva
06/02
Manhã
Noite
Reginaldo
Nonato
Culto Administrativo
Marcos Gaspar
09/02

Cap. Antônio
Pr. Paulo Salustiano
13/02
Manhã

Noite
Karol Wojtilla

Juarez Jr.
Celebração da Ceia do Senhor.
Pr. Paulo Salustiano
16/02

Amélia
Pr. Paulo Salustiano
20/02
Manhã
   Noite
Toinha
Tarcísio
Pr. Paulo Salustiano
Pr. Paulo Salustiano
23/02

Juliana
Pr. Paulo Salustiano
27/02
Manhã
   Noite
Maria Nunes
Marcos Gaspar
Pr. Paulo Salustiano
Pr. Paulo Salustiano